42. Servindo cafezinho

Um dos assuntos mais comuns do folclore de vendas é a barreira da secretária. Muito se tem falado e discutido como técnicas para se passar pelas secretárias, e muitas vendascontinuam se perdendo por não chegar ao elemento de decisão. Ninguém dá importância a quem não se parece importante. Por mais que se fantasie de importante e com isso se consiga passar por algumas secretárias, outras continuam eficientemente imbatíveis. Nunca se sabe o quanto manda uma secretária, por isso é aconselhável não arriscar. Mas chega um ponto em que é tudo ou nada.

Aquele era realmente um cliente difícil de se conseguir entrevista. Armando já havia estado ali diversas vezes e sempre era barrado pela secretária com uma desculpa qualquer. Tantas foram as tentativas de conseguir a entrevista que o Armando já estava bastante conhecido, desde o porteiro até a mulher do café. A secretária nem mais consultava o chefe, assim que via o vendedor ia dizendo a desculpa do dia. Armando que sempre fora bom em furar bloqueios, estava quase capitulando.

Um dia partiu decidido a falar com o cliente de qualquer maneira, e para tanto ousou um plano meio louco. Observara, pelas tantas vezes que ali estivera, o procedimento da Dona Maria, a mulher do café: Pontualmente, às nove horas, todos os dias a Dona Maria chegava com a bandeja e entrava na sala sem passar nem se anunciar pela secretária.

Armando postou-se na recepão enquanto esperava a hora da encenação. Às nove em ponto, vem de lá Dona Maria. Armando se aproxima da simpática senhora com uma barra de chocolate e diz:

- Hoje é seu dia de folga, e enquanto a senhora saboreia esse chocolate eu sirvo o café.

Foi tamanha a segurança do Armando, que Dona Maria ficou atônita e a secretária não soube como reagir, enquanto o vendedor entrava na sala com a bandeja de café numa mão e a pasta de trabalho na outra.

- Bom dia, senhor! Chegou o café das nove. Sou o Armando e estou aqui para renovar este contrato. Como o senhor é muito ocupado e nunca pode ser interrompido, resolvi aproveitar a pausa do café para lhe dar a oportunidade de resolver mais essa pendência. não se preocupe, está tudo pronto, é assinar aqui.

E saiu com o contrato assinado.