35.Pano de cabeça

Nem sempre a experiência e o capital garantem o êxito de qualquer promoão. Muito se pode fazer com um pouco de criatividade. Se o mercado não consome o seu produto, antes de mudar de mercado, pode-se tentar mudar o mercado.

Um comerciante do Piauí, foi a Fortaleza para fazer compras de tecidos. Entusiasmado com o preço de promoção de panos de prato, comprou uma quantidade muito grande.

Eram panos estampados com morangos, bananas, abacaxi e outras frutas.

Chegando a mercadoria, seu velho e experiente pai observou:

- Meu filho, você nunca vai conseguir vender isso aqui. Todo mundo usa pano de saco para fazer pano de prato. As meninas aprendem a bordar e fazer rendas, fazendo panos de prato. Ninguém compra pano de prato aqui.

O jovem comerciante ficou preocupado com o investimento e lembrou que o vendedor havia alertado que não receberia devolução de mercadoria que estava em promoção de fim de estoque.

Pensou bastante, e observando a clientela que passava e não comprava, achou uma solução. Percebeu a quantidade de mulheres que usavam lenço de cabeça. Achou a solução para o seu problema, fez um grande cartaz e pregou na frente da loja:

tropicalismo

última moda em Fortaleza

E acabou com o estoque em três tempos, enquanto as ruas ficaram coloridas de morangos, bananas, abacaxis, etc., ... nas cabeças das mulheres.